CARREIRA & NEGÓCIOS

Pequenas decisões, grandes consequências



Quantas decisões tomamos diariamente? Desde as mais simples – qual a roupa a ser usada, tomar café ou chá.

Algumas mais importantes, como aceitar uma oferta de emprego. Outras cruciais: casar, ter filhos.

Muitas vezes não notamos que uma simples decisão pode levar a uma consequência de ações e reações. E mudar todo o curso de uma história.

O filme Efeito Borboleta (The Butterfly Effect, 2004) com Ashton Kusher contava essa história. Certas decisões alteravam completamente o curso da vida dele e de seus amigos.

Este filme usa em seu pano de fundo a teoria do caos e próprio termo usado na teoria Efeito borboleta, que se refere à dependência sensível às condições iniciais dentro da teoria do caos. Segundo a cultura popular, o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo. (fonte:  pt.wikipedia.org/wiki/Efeito_borboleta)

Na prática o que a teoria nos ensina é que uma pequena variável dentro de um sistema complexo, altera o resultado de outra, que vai alterar o resultado de outra. Quando olhamos em perspectiva, as consequências são enormes. Às vezes pro bem, às vezes pro mal, às vezes sem qualquer impacto importante.

Essa baboseira toda que estou falando é para lembrar, principalmente aos mais jovens, sobre a importância de uma decisão tomada. Muitas vezes tomamos decisões baseados apenas em nossas reações emocionais. Não analisamos o todo, e temos uma tendência a olharmos apenas as consequências diretas. Ou seja, olhamos a primeira variável dentro do complexo sistema que vivemos.

Muitas vezes estive em situações em que decisões tomadas com o coração – ao invés de usar a razão – levou-me a situações indesejadas. Muitas vezes vi situações em que eu ou pessoas próximas tomavam decisões baseados não em seus interesses, mas nos interesses daqueles que estavam ao seu lado.

Por mais criptografado esse post pode parecer, olhe dentro da sua história e procure as decisões que você tomou que estavam menos associadas aos seus interesses e mais voltadas para coisas como “o que o munda vai pensar de mim”, ou “isso não é justo com fulano e portanto vou me aliar a ele”. Aliás, esse segundo tópico é o mais arriscado de todos. Quando você toma decisões contra seus interesses por causa de terceiros, lembre sempre o seguinte: amanhã, muito provavelmente, esse terceiro vai ignorar a sua necessidade e só vai lembrar dos interesses DELE. E não adianta você reclamar.

Ou seja, se há uma mensagem nessas mal digitadas linhas é: faça as coisas com a paixão mas decida com a razão. Pense sempre no seu interesse. Olhe as consequências de suas decisões como um jogo de xadres, e não como num jogo de damas.

E sempre caminhe para frente. Como diz a propaganda, keep walking. 

Anúncios

Sobre V Criscio

Gestão, Marketing, Internet, Comércio Eletrônico, Reestruturação e Startups.

6 comentários em “Pequenas decisões, grandes consequências

  1. V Criscio

    Valeu Guilherme obrigado por ter prestigiado. Abraços.

  2. Escolher não limita resultados , apenas propicia esperanças que muitas vezes , são frustradas, mas a vida é um grande ganha e perde, só depende que cada um possa enfrentar de maneira direta todas as circunstancias.
    Parabens pelo artigo , sou seu leitor no 3VV, com muita esperança que haja mudanças de atitude e ações na SEP.

    • V Criscio

      Obrigado Claudio. De fato as escolhas não limitam mas muitas vezes definem um caminho.
      Sobra a SEP, temos esperanças de coisas boas lá e em outras áreas da vida também. Abs

  3. Vicente:
    Sempre te acompanhei pelo 3vv para entender o q acontece dentro da nossa SEP. Lendo o seu blog nos últimos 3 dias aqui, minha admiração por vc aumentou ainda mais pq vc é um profissional c experiência q tenta analisar tanto as pessoas como cada situação administrativa e política. Diferente do título desse post (pequenas decisões) vc recentemente fez uma “grande decisão” quando optou pelo DP. Olhando de fora, sempre achei o PN o cara ideal para levantar a SEP, mas confio na sua capacidade de decisão. Um abraço e vc ganhou um novo leitor aqui no vcriscio! Abe da Florida

    • Oi AB. Veja só… estava parado mas agora está voltando. E convido vc a voltar a ler.
      E muito obrigado pelas palavras. Forte abraço.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: